"Veta, Dilma. Contra a injustiça. Em defesa do Rio" | Visão Carioca
Um jeito de ver o Mundo….

“Veta, Dilma. Contra a injustiça. Em defesa do Rio”

23 nov 2012

Ato Público a favor do Rio de Janeiro terá Barca, Trem e Metrô Gratuitos

Está marcado para a próxima segunda-feira, 26 de Novembro de 2012, o ato público, “Veta, Dilma. Contra a injustiça. Em defesa do Rio“, em defesa dos royalties do Rio de Janeiro com concentração às 14h, na Candelária.

A manifestação partirá da Candelária e seguirá pela Avenida Rio Branco até a Cinelândia. Em palanque em frente à Câmara de Vereadores, haverá a leitura de um manifesto, discursos contra o golpe sofrido pelo Estado do Rio de Janeiro na partilha dos recursos oriundos da exploração de petróleo e apresentação de vários artistas.

Segundo a Secretaria de Cultura do Estado, se apresentarão os seguintes artistas: Alcione, Naldo, Koringa, Buchecha, Belo, Bom Gosto, Molejo, Fundo de Quintal, Preta Gil, Bateria da Grande Rio e Monobloco, além da participação das seguintes personalidades: Carla Camurati, Carlos Tufvesson, Xuxa, Gari Sorriso, Cintia Howlett, Bel Kutner, Marcos Frota e Herson Capri.

Para facilitar a locomoção da população para o ato público, a SuperVia oferecerá bilhetes gratuitos entre 13h e 15h, em todas as estações do sistema ferroviário, exceto na Central do Brasil. Já na volta para casa, a SuperVia garantirá o embarque gratuito (para os participantes do ato público) a partir da estação Central do Brasil.

Também o MetrôRio vai disponibilizar aos participantes  da  passeata  vouchers de ida e volta. A partir das 5h, os vouchers já estarão disponíveis em todas as Estações do MetrôRio. É importante destacar que o horário de utilização dos cartões de ida para o evento é das 13h às 15h, com embarque em qualquer estação. A volta será entre 20h e 22h, somente nas estações Cinelândia, Carioca, Uruguaiana e Presidente Vargas.

A CCR Barcas distribuirá bilhetes especiais de ida ao ato público nas estações Praça Araribóia (Niterói), Cocotá e Paquetá. O bilhete especial que dá direito à volta para as estações deverá ser retirado apenas na Estação Praça XV, no Centro do Rio.

Já a Fetranspor franqueará os ônibus necessários para a vinda dos manifestantes de diferentes locais. Esses ônibus possuirão identificação diferenciada, fornecida pelos organizadores do evento e serão acompanhados por motociclistas da Polícia Militar, da Guarda Municipal ou da CET-Rio. Não será permitida a chegada de ônibus fretados na região do evento sem o acompanhamento dos motociclistas.

Principais interdições:

Às 10h, será interditada a pista lateral da Avenida Presidente Vargas, da altura do Detran (próximo à Av. Passos) até a Avenida Rio Branco, no sentido Candelária.

Às 11h, haverá fechamento da Av. Rio Branco entre a Av. Presidente Vargas e a Rua da Assembleia.

Às 11h, haverá fechamento da Rua Evaristo da Veiga entre a Av. Rio Branco e a Av. República do Paraguai.

Às 12h, será estendido o fechamento da Av. Rio Branco até a Avenida Presidente Wilson.

Todas as vias transversais à Av. Rio Branco permanecerão interditadas até a liberação da mesma.