Um jeito de ver o Mundo….

Campeonato Mundial dos Barcos de Velocidade Offshore no Rio de Janeiro

13 mar 2010

A Cidade do Rio de Janeiro recebe a maior competição mundial para barcos de velocidade offshore pela primeira vez na América Latina.

Considerado a Fórmula 1 dos mares, o Class 1, no circuito da etapa carioca, terá oito milhas náuticas e a reta principal ficará em frente à Praia do Flamengo. Pelo menos 10 barcos estarão na disputa. Cada um conta com um piloto e um “throttleman”, que é o responsável pela aceleração e desaceleração do barco. Renomados pilotos da Itália, Noruega, Austrália, Emirados Árabes, entre outros, estarão na disputa.

Programação:

- Horário: Treinos
treinos livre sexta: 12h30m às 15h30m
treinos livres sábado e domingo: 10h às 10h30m
treinos classificatórios sábado e domingo: 10h45m às 11h30m
Corridas (sábado e domingo): 14h30m

Serviço:

CLASSE 1 CAMPEONATO MUNDIAL DOS BARCOS DE VELOCIDADE OFFSHORE
Local: Marina da Glória
Endreço: Av. Infante Dom Henrique s/nº – Glória
Datas: 26 a 28/03/2010

Fonte: RIOTUR

Postado por:
Categorias:
Dicas, Esporte, Evento, Fim de semana
  • Duli
    Olá! Venho através deste mostrar minha admiração e respeito a esses pilotos e suas máquinas as quais sou fã.
    E não poderia deixar de expressar minha indignação com os meios televisivos como a (Rede Globo), que só p/ váriar detém os direitos de transmissão da Class-1, pois não divulgou nada a respeito, nada mesmo.
    Para os mais leigos o piloto e empresário Eyke Batista brasileiro nato de Governador Valadares é o idealizador desse grande evento. E também foi por muitos anos piloto de off-shore, inclusive foi campeão do mundo com o barco (Spirit Of The Amazon), mas isso a Globo não mostra, nem divulga, mas p/ mostrar em um Páis tão desigual como o Brasil o tal de Ronaldo comprando uma mansão de sei lá quantos milhões de reais…isso ela mostra com orgulho. Entre outros destaques a tantos jogadores de futebol, os quais muitos se misturam a traficantes e outras coisas do genero. Mas isso lamentavelmente é o que me faz pensar que ela mantém o monopólio do meio televisivo no Brasil as custas desse tipo de informação mediúcre e fútil.
    Assim acabo ficando com vergonha de ser brasileiro.
    aguardo aqui mais informações sobre a Class-1 pelo jeito dependerei da internet p/ saber mais a respeito do evento.